segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Feliz "livro novo"

Encerra-se mais um ano em sua vida...
    Quando este ano começou, ele era todo seu.
    Foi colocado em suas mãos...
    Podia fazer dele o que quisesse...
    Era como um Livro em Branco, e nele você podia ter
    um poema, um pesadelo uma blasfêmia, uma oração.

    Podia... 
    Hoje não pode mais, já não é seu.
    É um livro já escrito...
    Concluído...
    Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe
    será  lido, com todos os detalhes, e não poderá corrigi-lo..
    Estará  fora de seu alcance.
    Portanto... 
    Antes que termine este ano, reflita, tome seu velho livro 
    e folheie com cuidado... 
    Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela
    consciência;
    Faça o exercício de ler a você mesmo.
    Leia tudo... 
    Aprecie aquelas páginas de sua vida em que usou   
    seu melhor estilo.
    Leia também as páginas que gostaria de nunca ter
    escrito. 
    Não... 
    Não tentes arrancá-las.
    Seria inútil... 
    Já estão escritas.
    Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que
    será entregue.
    Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e
    evitar repetir as ruins. 
    Para escrever o seu novo livro, você contará novamente
    com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para
    preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.
    Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije. 
    Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir,
    coloque-o nas mãos do Criador.
    Não importa como esteja...
    Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga
    apenas duas palavras: Obrigado e Perdão!!! 
   
    E, quando o novo ano chegar, lhe será entregue outro
    livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual irá escrever
    o que desejar...  

    
     FELIZ LIVRO NOVO !

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Desejo a você...

Desejo a você...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.
 
 
Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

1º encontro, e agora?

01 - Não perca o foco de você: pode soar pessimista, mas a expectativa é a mãe da frustração. Assim, seja realista sobre todas as possibilidades.

02 - Esteja aberto às idéias inesperadas: um jantar caseiro e uma sessão de vídeo game podem ser mais reveladoras do que um jantar em um restaurante caro, porque dão pistas das personalidade.

03 - Fuja de locais com gente bonita: levar o pretendente a um bar cheio de mulheres bonitas é pedir pra ele trocar olhares com algumas delas.

04 - Use calçados confortáveis: você nunca sabe aonde vai parar em um primeiro encontro. Se alguém resolver caminhar pela cidade, certamente você terminará a noite de mau humor com dores nos pés.

05 - Use lingerie sexy: mesmo que você não mostre, certamente vai te deixar mais confiante! Além disso, se a coisa esquentar, tu não corre o risco de estar com um tenebrosa calcinha bege, igual a que sua avó usa.

06 - Carregue escova de dente, fio dental etc: nem todo restaurante (quase nenhum, na verdade) possui esses itens no banheiro e,  acredite, 1/2 folha de alface entre os dentes pode queimar seu filme.

07 - Ligue para alguém: Ligar para um amigo(a) antes do início do encontro pode ajudar a diminuir ou eliminar à ansiedade, além de aumentar a coragem e dar segurança. Na falta de um amigo(a), comente com o frentista do posto de gasolina ou com a mocinha da loja de conveniência, o resultado é basicamente o mesmo.

08 - Não use nada Ultrasexy: além de te deixar parecendo uma “stripper”, pode inspirar o cara a te agarrar achando que você quer uma noite de sexo selvagem e nada mais.

09 - Estude a página dele(a) no Facebook: mas não confunda o que ele(a) te conta com o que você lê sobre ele(a). Se você ficar sem assunto, comente algum vídeo do youtube que viu na página dele(a). (Só não diga que você viu o vídeo lá). 

10 - Não deixe ele(a) saber que você deu um “google” nele(a): é evidente que você vai providenciar uma elaborada pesquisa sobre o elemento (Facebook, twitter, instagram etc, Tribunal de Justiça do seu Estado também é uma boa, para verificar possíveis processos e condenações na conta do “bom samaritano”).

11 - Lembre-se que Murphy e sua tradicional lei nunca falham: nem sempre as coisas
saem como planejado. Assim, mesmo que tudo pareça conspirar contra você, tente manter o bom humor para não estragar a noite de ambos.

12 - Não beba: uma taça de vinho ou uma cerveja, ok...acima disso, você pode acabar eliminando sumariamente a chance de um relacionamento em potencial. Sem contar que bêbado é insuportável (grifamos), e existe, caso você não saiba, bebidas não alcóolicas no estabelecimento, utilize-as.

13 - Coma pra valer: uma saladinha pode não ser suficiente para aguentar a noitada. Alimente-se bem!

14 - Não faça piadinhas ogras: piadas sobre altura, cabelos, marcas e cicatrizes aparentes não são de bom tom. Que você é sem noção, já sabemos, mas mantenha-se calado(a) quanto a isso.

15 - Demonstre interesse no que ele(a) diz (se for preciso, minta): evidente que todos querem o mínimo de atenção, se o assunto estiver chato, tente mudar o foco da conversa. No caso do pretendente ser uma mala sem alças, opte por encerrar o encontro mais cedo. Bocejar ou não prestar atenção no que pessoa diz, é deveras indelicado.

16 - É um encontro e não terapia: a menos que você deseje que seu pretendente fuja, não é de bom tom reclamar da situação financeira, ou ficar desabafando seus problemas. Existem profissionais que se dedicam a isso, e podem lhe internar em um hospital psiquiátrico, diga-se de passagem.

17 - Não faça analise psicológica do(a) pretendente: Lembre-se que é um encontro, não sessão de terapia, sem contar que falar de possíveis traumas não é a coisa mais legal para se fazer.

18 - Não leve tudo a ferro e fogo: Se ele(a) perguntar, por exemplo, quantos filhos você pretende ter, não significa que ele(a) será o pai/mãe dessas crianças. Filtrar o que o(a) pretendente diz é importante para não criar errôneas expectativas.

19 - Não fale do seu ex: Não importa, não fique elogiando seu ex-namorado(a), para não parecer que você está comparando seu pretendente com seu ex.

20 - Não fala mal do seu ex: Nem pense em fazer isso, seu pretendente poderá pensar (com boa chance de acertar) que você tem o péssimo hábito de falar mal das pessoas com quem se relacionou.

21 - Fale coisas que são importantes para você: não se deve esperar para saber a opinião dele(a) sobre algo que te deixa inflamado(a).

22 - Não fale sobre sexo: A menos que você queira transar no primeiro encontro, não discorra sobre o tema. Sem contar que deixar o mistério aguçar a imaginação do(a) pretendente é um diferencial apreciado por muitos.

23 - Não vá para outro lugar se não estiver a fim: você não deve acompanhar o(a) pretendente a um segundo bar ou restaurante se não curtir a companhia dele(a) ou se preferir estar em outro lugar, como em casa. 

24 - Não adicione nas redes sociais antes do 1º encontro: caso você não tenha o pretendente nas suas redes sociais, espere para adiciona-lo(a) após o evento. Não é legal ser stalkeado.

25 - Quebre as regras do encontro: Se sentir vontade de tomar a iniciativa, faça isso. Se sentir vontade de ligar, ligue. Faça o que for melhor para você, sempre com os devidos cuidados.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Andando na rua - Dica de Segurança


  • Mantenha sempre sua atenção na rua, no metrô, no ônibus, em centros comerciais, etc;

  •  Tenha especial atenção às pessoas à sua volta. Lembre-se: os assaltantes valem-se principalmente do fator surpresa e da desatenção para atacarem suas vítimas;

  •  Aparente sempre calma, confiança e domínio do que está fazendo e de onde quer chegar. Evite demonstrar que esta perdido ou procurando por algum endereço ou local;

  •  Não peça orientações a estranhos. Procure bases da polícia militar ou estabelecimentos comerciais;

  •  Não ande sozinho, especialmente à noite;

  •  Após o trabalho, escola ou festa espere pela companhia de um amigo para saírem juntos;

  •  Evite passar por locais desertos e ou pouco iluminados;

  •  Evite cortar caminho por becos, vielas, ruas desconhecidas, terrenos, construções, etc;

  •  Não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança – Confie em seus instintos;
  •  Evite locais com aglomerações de pessoas, pois estes locais facilitam a ação de “Batedores de carteira” e oportunistas;
  •  Ao pressentir a aproximação de estranhos em atitude suspeita entre no primeiro local habitado que encontrar e peça ajuda;
  •  Mantenha todos seus objetos pessoais, como carteiras, pochetes, celulares, sacolas e bolsas, à frente de seu corpo ;

  •  Bolsas devem ser discretas e transportadas a frente de seu corpo com sua mão sobre seu fecho;
  •  Desconfie de esbarrões, empurrões ou cotoveladas;
  •  Não use local isolado para encontros amorosos, pois este é um comportamento de risco;

  •  Desconfie de estranhos com conversa envolvente que tentem aproximação;

  •  Não aceite convites de pessoas que tenha acabado de conhecer: na rua, em bares ou casas de diversão noturna, etc;

  •  Evite utilizar jóias (correntinhas, relógios, medalhas, braceletes, etc) e roupas que chamem a atenção ou demonstrem serem de valor;
  •  Não carregue objetos de valor, grandes quantias em dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade. Caso necessário, procure guarda-lo de modo seguro e discreto e siga diretamente para seu destino;

  •  Evite retirar sua carteira em público;

  •  Evite manusear ou efetuar pagamentos com notas altas. Separe previamente o dinheiro necessário para pequenas despesas, como café, cigarro, condução, etc;

  •  Separe o dinheiro em bolsos diferentes;

  •  Procure caminhar no centro da calçada e contra o sentido do trânsito. É mais fácil perceber a aproximação de algum veículo suspeito. Se algum motorista o incomodar mude de direção e ande em sentido contrário ao fluxo;

  •  Conheça o local onde você mora e trabalha. Certifique-se da localização de unidades da polícia, bombeiro, hospitais, telefones públicos, lojas 24horas, etc.
  •  Caso você seja vítima de roubo fique calmo, não faça movimentos bruscos. Evite gritar ou discutir - seu nervosismo poderá aumentar a tensão e provocar uma atitude mais agressiva em seu desfavor;

  •  Sempre que possível, faça seus pagamentos com cheques nominais e cruzados;

  •  Procure variar seus horários e fazer rotas diferentes para deslocar-se de casa ao trabalho ou escola;

  •  Não use bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro;

  •  Fique atento quando parar no semáforo para pedestres;

Fonte: PMESP – Setor de Comunicação Social

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Notebook - Dica de Segurança



  • Não transporte o equipamento em pastas própria. Elas são conhecidas e podem estimular iniciativas delituosas;
  • Não saia com seu notebook à vista no interior do carro. Guarde-o no porta-malas;
  • Não deixe seu equipamento de forma descuidada;
  • Só carregue o equipamento quando for necessário;
  • Ao carregar seu notebook, fique ligado; Os ladrões escolhem as vitimas mais desatentas;
  • Cruze a alça no seu corpo para não ser facilmente retirada de seu ombro;
  • Seguros em seu equipamento podem ser uma boa alternativa;
  • Prevenção ainda é melhor solução;
  • Se você for assaltado, não reaja; O bandido nada tem a perder, você sim.
Fonte: PMESP/ Setor de Comunicação Social

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Internet - Dica de Segurança



  • NÃO UTILIZE SOFTWARE PIRATA, pois além de ilegal pode ser um potencial fonte de vírus;

  • Cuidado com arquivos "estranhos";

  • A primeira e básica regra de segurança para a rede mundial é jamais abrir (executar) arquivos de extensões desconhecidas que venham anexados a mensagens recebidas;

  • Cuidado com as senhas. Nunca informe suas senhas a ninguém, mesmo que a pessoa se identifique como funcionário do banco, da administradora de cartões ou do provedor de acesso;

  • NUNCA utilize como senhas nomes pessoais, sobrenomes, apelidos, datas de aniversário, números de telefone, etc. estas informações serão as primeiras a serem utilizadas num eventual acesso indevido;

  • Tenha criatividade, utilize senhas compostas por letras e números, de forma que não possam ser pronunciáveis o que evita problemas de acesso indevido;

  • Altere regularmente sua senha;

  • Cuidado ao digitar sua senha em outros computadores. Alguns tem a capacidade de registras as informações digitadas;

  • Instale e mantenha atualizado o software antivírus;

  • Formate os disquetes antes de jogá-los fora, bem como destrua extratos, cópias de documentos etc;

  • Em salas de bate-papo (chats), não dê informações como endereço, telefone, nome completo, lugar onde trabalha ou estuda, bairro onde mora ;

  • Nunca marque encontros com alguém que conheceu pela Internet, sem tomar precauções de segurança. Se você quiser se encontrar com alguém, é recomendável antes deixar informações sobre o encontro com uma pessoa de sua confiança. Dê preferência para locais públicos, movimentados e em horários diurnos;

  • Os vírus podem ser transmitidos por E-mail, pela simples navegação na Internet, pelo compartilhamento de arquivos e até em salas de bate-papo;

  • Use o bom senso ao navegar pela Internet. De nada adianta você ter os programas de proteção e não tomar cuidado;

  • Evite fornecer seus dados pessoais em sites de empresas que você não conhece, assim como efetuar transações financeiras com seu cartão;

  • Alguns internautas mal-intencionados vigiam o que os outros conversam em salas de bate-papo, só para coletar o maior número de informações sobre a vítima;

  • Procure saber como funcionam os programas que seu filho mais tem interesse em usar e qual seu comportamento na internet;

  • Não se torne cúmplice de crimes como pedofilia ou violação de dados, seja claro com toda a família a esse respeito e denuncie;

  • Não mande fotos pela rede para desconhecidos. Elas podem ser adulteradas e retransmitidas;

  • Não responda a agressões on-line e oriente seus folhos a terem o mesmo comportamento;

  • No momento da aquisição e transmissão de dados sigilosos, confira no rodapé de seu programa de navegação o sinal de um cadeado fechado, que indica site seguro;

  • Correntes pirâmides financeiras e mesmo campanhas de solidariedade devem ser evitadas na rede. Em alguns casos, você pode tornar-se cúmplice de estelionato;

  • Cuidado ao substituir ou fazer manutenção de computadores. Registros antigos poderão ser recuperados. Exija a peça trocada e destrua-a, antes de jogá-la fora;
  • Cuidado ao transportar seu computador portátil. Evite maletas específicas, fique atento, evite transporta-lo sobre o banco do carro, evite deixa-lo de forma descuidada;

  • Utilize sempre as versões de browsers (programas de navegação) mais atualizadas, pois geralmente incorporam melhores mecanismos de segurança.

o Bancos na Internet

  • É seguro usar o banco pela Internet. O setor de instituições financeiras é o que mais investe em tecnologia de segurança, por motivos óbvios. Quase todas as ocorrências fraudulentas, nesse caso, são por descuido do próprio internauta;
  • Guardar muito bem sua senha é imprescindível para evitar prejuízos;

  •  Mantenha antivírus atualizados instalados no computador que utiliza para ter acesso aos serviços bancários;

  • Troque sua senha de acesso ao banco na Internet periodicamente;

  • Só utilize equipamento efetivamente confiável. Não realize operações em equipamentos públicos, equipamentos que você não conheça ou que não tenham programas antivírus atualizados;

  • Use somente provedores confiáveis. A escolha de um provedor deve levar em conta também seus mecanismos, políticas de segurança e de confiabilidade da empresa;

  • Exclua (delete), sem abrir, e-mails não solicitados ou de origem desconhecida, especialmente se tiverem arquivos “executáveis”;

  • Acompanhe os lançamentos em sua conta corrente. Caso constate qualquer crédito ou débito irregular, entre imediatamente em contato com o banco;

  • Se estiver em dúvida sobre a segurança de algum procedimento que tenha executado, entre em contato com o banco. Prevenção é a melhor forma de segurança;

  • Em caso de dúvida, procure o gerente de seu banco e pergunte que medidas de proteção estão sendo tomadas quanto à segurança das transações on-line.