sábado, 31 de maio de 2014

Ditos populares corrigidos pelo professor Pasquale


E a gente pensa que repete corretamente os ‘ditos populares’…
No popular se diz:
Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro
“Minha grande dúvida na infância… Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???
Correto: ‘Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro
Tá aí a resposta para meu dilema de infância! EU NÃO SABIA. E VOCÊ?
 
Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.
Correto: ‘
Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.
“Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?” Tudo bem eu era uma malinha!
 
Cor de burro quando foge.
Correto : ‘Corro de burro quando foge!
“Esse foi o pior de todos! Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor ???” Eu queria porque queria ver um burro fugindo para ver a cor dele!
 
Outro que no popular todo mundo erra: Quem tem boca vai a Roma.
“Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!”
Correto : ‘
Quem tem boca vaia Roma.‘ (isso mesmo, do verbo vaiar).
 
Outro que todo mundo diz errado, Cuspido e escarrado
Quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. “Esse… Sei lá!”
Correto : ‘
Esculpido em Carrara.‘ (Carrara é um tipo de mármore)
 
Mais um famoso…. Quem não tem cão, caça com gato.
“Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda!
Tudo bem que o gato só faz o que quer, quando quer e se quer, mas vai que o bicho tá de bom humor!”
Correto : ‘
Quem não tem cão, caça como gato…. ou seja, sozinho!’
 
Vai dizer que você falava corretamente algum desses? rs

terça-feira, 27 de maio de 2014

A Tartaruga no Poste

O Governo e o PT é como uma tartaruga em cima do poste.

Você vai caminhando por uma estradinha e vê um poste. Lá em cima tem uma tartaruga tentando se equilibrar. 


- Você não entende como ela chegou lá;
- Você não acredita que ela esteja lá;
- Você sabe que ela não subiu lá sozinha;
- Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;
- Você sabe que ela não vai fazer absolutamente nada enquanto estiver lá;
- Você não entende por que a colocaram lá;
- Então, tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá e providenciar para que nunca mais suba, pois lá em cima definitivamente não é o seu lugar!

domingo, 25 de maio de 2014

Diferença entre homens e mulheres

APELIDOS
- Se Adriana, Silvana, Débora e Luciana vão almoçar juntas, elas chamarão umas às outras de Dri, Sil, Dé e Lu.
- Se Leandro, Carlos, Roberto e João saem juntos, eles afetuosamente se referirão uns aos outros como Gordo, Cabeção, Rato e Negão.

COMENDO FORA
- Quando a conta chega, Paulo, Carlos, Roberto e João jogam na mesa R$ 20,00 cada um, mesmo sendo a conta apenas R$ 32,50. Nenhum deles terá trocado e nenhum vai ao menos admitir que queira troco – logo o troco será convertido em saideiras.
- Quando as garotas recebem sua conta, aparecem calculadoras de bolso e todas procuram pelas moedinhas exatas dentro da bolsa.

FILMES
- A idéia que uma mulher faz de um bom filme é aquele em que uma só pessoa morre bem devagarzinho, de preferência por amor.
- Um homem considera um bom filme aquele em que muita gente morre bem depressa, se possível com balas de metralhadora ou em grandes explosões.

DINHEIRO
- Um homem pagará R$ 2,00 por um item que vale R$ 1, 00, mas que ele precisa.
- Uma mulher pagará R$ 1,00 por um item que vale R$ 2, 00, mas que ela não precisa.

BANHEIROS
- Um homem tem seis itens em seu banheiro: escova de dente, pente, espuma de
barbear, barbeador, sabonete e uma toalha de hotel.
- A quantidade média de itens em um banheiro feminino é de 756. E um homem não consegue identificar a maioria deles.

DISCUSSÕES
- Uma mulher tem a última palavra em qualquer discussão.
- Por definição, qualquer coisa que um homem disser depois disso, já é o começo de uma outra discussão.

FUTURO
- Uma mulher se preocupa com o futuro até conseguir um marido
- Um homem nunca se preocupa com o futuro até que consiga uma esposa

MUDANÇAS
- Uma mulher casa-se com um homem esperando que ele mude, mas ele não muda.
- Um homem casa-se com uma mulher esperando que ela não mude, mas ela muda.

DIVIDINDO

- Uma mulher dividirá seus pensamentos e sentimentos mais profundos com um completo estranho que lhe dê atenção.
- Um homem só dividirá seus pensamentos e sentimentos mais profundos quando questionado por um advogado artimanhoso, sob juramento, e mesmo assim, apenas quando isso puder diminuir a sua pena.

AMIZADE
- A mulher encontra com outra na rua: ‘Nossa como você ta linda!!!’. Quando viram as costas vem o comentário: ‘Nossa como ela tá gorda’.
- Um homem encontra com outro na rua: ‘Fala seu gordo-careca-bichona!’. Quando viram as costas vem o comentário: ‘pô esse cara é gente fina.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Lentes polarizadas ou não polarizadas: qual escolher?

Um dos principais problemas que as pessoas encontram antes de comprar óculos de sol, é a popular questão: qual é a diferença entre lentes polarizadas e não polarizadas?

Antes de tudo, é essencial o óculos ter uma proteção UV confiável. Muitas pessoas desconhecem o fato de que, ao usar óculos de sol, a pupila se dilata e isso faz com que olhos fiquem mais expostos aos raios ultravioletas. Se a lente oferece uma baixa proteção UV, isso não impede que os raios solares cheguem aos olhos, podendo danifica-los permanentemente causando degeneração macular que leva à perda da visão e catarata. Logo, é melhor para sua saúde visual sair de casa sem óculos de sol do que usar um de qualidade duvidosa.
No entanto, na compra de lentes polarizadas, esse é um risco que o consumidor não terá que se preocupar, porque estas lentes oferecem 100% de proteção contra os raios UVA e UVB.
Outro benefício importante é que as lentes polarizadas oferecem proteção quase completa contra o brilho horizontal do sol, fazendo com que o reflexo do sol se torne quase imperceptível, tornando a visão mais definida.
Em outras palavras, as lentes polarizadas são utilizadas para bloquear a luz intensa que é refletida em superfícies planas. Isso ocorre porquê os óculos de sol polarizados são feitos com polarização vertical, enquanto que a luz refletida pelo sol sobre superfícies planas é horizontalmente polarizado.
As lentes não polarizadas têm uma tonalidade escura e reduzi a intensidade da luz. No entanto, ao contrário das lentes polarizadas, eles não podem contrariar os efeitos de polarização horizontal. Estas lentes não levam em consideração o sentido que a luz reflete.
No entanto, embora as lentes polarizadas possam melhorar a visibilidade e proporcionar uma melhor proteção, eles têm algumas desvantagens. Em alguns casos, as lentes polarizadas podem reduzir a visibilidade das imagens produzidas por telas de cristal líquido (LCD), como telefones celulares, aparelhos de GPS encontrados em carros, barcos e outros telas planas de LCD.
Independentemente desse inconveniente, quase imperceptível, se você é alguém que está constante em atividade ao ar livre, seja dirigindo, praticando esportes ou simplesmente deitado sob o sol, óculos polarizados são, definitivamente, a melhor escolha!


Fonte: http://oticafacial.com.br/lentes-polarizadas-ou-nao-polarizadas-qual-escolher/

quarta-feira, 21 de maio de 2014

A LISTA DE COISAS QUE NÃO SABEMOS OU NÃO LEMBRAMOS

Os Três Reis Magos:
O árabe Baltazar: trazia incenso, significando a divindade do Menino Jesus.
O indiano Belchior: trazia ouro, significando a sua realeza.
O etíope Gaspar: trazia mirra, significando a sua humanidade.

As Sete Maravilhas do Mundo Antigo:
1 - As Pirâmides do Egipto
2 - As Muralhas e os Jardins Suspensos da Babilónia
3 - O Mausoléu de Helicarnasso (ou o Túmulo de Máusolo em Éfeso)
4 - A Estátua de Zeus, de Fídias
5 - O Templo de Artemisa (ou Diana)
6 - O Colosso de Rodes
7 - O Farol de Alexandria.

As 7 Notas Musicais
A origem é uma homenagem a São João Baptista, com seu hino :
Ut queant laxis (dó) Para que possam
Re sonare fibris ressoar as
Mira gestorum maravilhas de teus feitos
Fa mulli tuorum com largos cantos
Sol ve polluit apaga os erros
La bii reatum dos lábios manchados
Sancti Ioannis Ó São João

Os Sete Pecados Capitais
Eles só foram enumerados no século VI, pelo papa São Gregório Magno (540-604), tomando como referência as cartas de São Paulo
Gula – Avareza – Soberba – Luxúria – Preguiça – Ira – Inveja

As Sete Virtudes
Para combater os pecados capitais
Temperança – Generosidade – Humildade – Castidade – Disciplina – Paciência – Caridade

Os Sete dias da Semana e os "Sete Planetas"
Os dias, nos demais idiomas - com excessão da língua portuguesa - mantém os nomes dos sete corpos celestes conhecidos desde os babilônios:
Domingo dia do Sol
Segunda dia da Lua.
Terça dia de Marte
Quarta dia de Mercúrio
Quinta dia de Júpiter
Sexta dia de Vénus
Sábado dia de Saturno

As Sete Cores do Arco-Íris
Na mitologia grega, Íris era a mensageira da deusa Juno. Como descia do céu num facho de luz e vestia um xale de sete cores, deu origem à palavra arco-íris. A divindade deu origem também ao termo íris, do olho.
Vermelho – Laranja – Amarelo – Verde – Azul – Anil – Violeta

Os Dez Mandamentos:
1º Amar a Deus sobre todas as coisas
2º Não tomar o Seu Santo Nome em vão
3º Guardar os domingos e dias santos de guarda
4º Honrar pai e mãe
5º Não matar
6º Não pecar contra a castidade
7º Não furtar
8º Não levantar falso testemunho
9º Não desejar a mulher do próximo
10º Não cobiçar as coisas alheias

Os Doze Meses do Ano
Janeiro: Homenagem ao Deus Janus, protector dos lares
Fevereiro: Mês do festival de Februália (purificação dos pecados) em Roma;
Março: Em homenagem a Marte, Deus guerreiro;
Abril: Derivado do latim Aperire (o que abre). Possível referência à primavera no Hemisfério Norte;
Maio: Acredita-se que se origine de Maia, deusa do crescimento das plantas;
Junho: Mês que homenageia Juno, protetora das mulheres;
Julho: No primeiro calendário romano, de 10 meses, era chamado de quintilis (5º mês). Foi rebatizado por Júlio César;
Agosto: Inicialmente nomeado de sextilis (6º mês), mudou em homenagem a César Augusto;
Setembro: Era o sétimo mês. Vem do latim septem;
Outubro: Na contagem dos romanos, era o oitavo mês;
Novembro: Vem do latim novem (nove);
Dezembro: Era o décimo mês.

Os Doze Apóstolos
Simão Pedro – Tiago (o maior) – João – Filipe – Bartolomeu – Mateus – Tiago (o menor) – Simão - Judas Tadeu – Judas Iscariotes – André – Tomé
Após a traição de Judas Iscariotes, os outros onze apóstolos elegeram Matias para ocupar o seu lugar.

Os Doze Profetas do Antigo Testamento
Isaías – Jeremias – Jonas – Naum – Baruque – Ezequiel – Daniel – Oséias – Joel – Abdias – Habacuque – Amos

Os Quatro Evangelistas e a Esfinge
Lucas representado pelo touro
Marcos representado pelo leão
João representado pela águia
Mateus representado pelo anjo

Os Quatro Elementos e os Signos
Terra Touro – Virgem – Capricórnio
Água Câncer – Escorpião – Peixes
Fogo Carneiro – Leão – Sagitário
Ar Gémeos – Balança – Aquário

As Musas da Mitologia Grega
a quem se atribuía a inspiração das ciências e das artes
1 – Urânia astronomia
2 – Tália comédia
3 – Calíope eloqüência e epopéia
4 – Polímnia retórica
5 – Euterpe música e poesia lírica
6 – Clio história
7 – Érato poesia de amor
8 – Terpsícore dança
9 – Melpômene tragédia

Os Sete Sábios da Grécia Antiga:
1 – Sólon, 2 – Pítaco, 3 – Quílon, 4 – Tales de Mileto, 5 – Cleóbulo, 6 – Bias, 7 – Períandro

Os Múltiplos de Dez
Os prefixos usados em Megabytes, Kilowatt, milímetro...
Yotta Y = 1024 = 1.000.000.000.000.000.000.000.000
Zetta Z = 1021 = 1.000.000.000.000.000.000.000
Exa E = 1018 = 1.000.000.000.000.000.000
Peta P = 1015 = 1.000.000.000.000.000
Tera T = 1012 = 1.000.000.000.000
Giga G = 109 = 1.000.000.000
Mega M = 106 = 1.000.000
Kilo k = 103 = 1.000
Hecto h = 102 = 100
Deca da = 101 = 10
Uni = 100 = 1
Deci d = 10-1 = 0,1
Centi c = 10-2 = 0,01
Mili m = 10-3 = 0,001
Micro µ = 10-6 = 0,000.0001
Nano n = 10-9 = 0,000.000.001
Pico p = 10-12 = 0, 000.000.000.001
Femto f = 10-15 = 0,000.000.000.000.001
Atto a = 10-18 = 0,000.000.000.000.000.001
Zepto z = 10-21 = 0,000.000.000.000.000.000.001
Yocto y = 10-24 = 0,000.000.000.000.000.000.000.001

Exa deriva da palavra grega "hexa" que significa "seis"
Penta deriva da palavra grega "pente" que significa "cinco"
Tera do grego "téras" que significa "monstro"
Giga do grego "gígas" que significa "gigante"
Mega do grego "mégas" que significa "grande"
Hecto do grego "hekatón" que significa "cem"
Deca do grego "déka" que significa "dez"
Deci do latim "decimu" que significa "décimo"
Mili do latim "millesimu" que significa "milésimo"
Micro do grego "mikrós" que significa "pequeno"
Nano do grego "nánnos" que significa "anão"
Pico do italiano "piccolo" que significa "pequeno"
Femto do dinamarquês "femten" que significa "quinze"
Atto do dinamarquês "atten" que significa "dezoito"
zepto e zetta derivam do latim "septem" que significa "sete"
yocto e yotta derivam do latim "octo" que significa "oito"

Conversão entre unidades:
cavalo-vapor 1 cv = 735,5 Watts
horsepower 1 hp = 745,7 Watts
polegada 1 in (1??) = 2,54 cm
pé 1 ft (1?) = 30,48 cm
jarda 1 yd = 0,9144 m
angström 1 Å = 10-10 m
milha marítima =1852 m
milha terrestre 1mi = 1609 m
tonelada 1 t = 1000 kg
libra 1 lb = 0,4536 kg
hectare 1 ha = 10.000 m2
metro cúbico 1 m3 = 1000 l
minuto 1 min = 60 s
hora 1 h = 60 min = 3600 s
grau Celsius 0 ºC = 32 ºF = 273 K (Kelvin)
grau fahrenheit =32 + 1,8 x ºC

Os Dez Números Arábicos
Os símbolos tem a ver com os ângulos:
o 0 não tem ângulos
o número 1 tem 1 ângulo
o número 2 tem 2 ângulos
o número 3 tem 3 ângulos
etc...

As Datas de Casamento:
1 ano Bodas de Algodão
2 anos Bodas de Papel
3 anos Bodas de Trigo ou Couro
4 anos Bodas de Flores e Frutas ou Cera
5 anos Bodas de Madeira ou Ferro
10 anos Bodas de Estanho ou Zinco
15 anos Bodas de Cristal
20 anos Bodas de Porcelana
25 anos Bodas de Prata
30 anos Bodas de Pérola
35 anos Bodas de Coral
40 anos Bodas de Rubi ou Esmeralda
45 anos Bodas de Platina ou Safira
50 anos Bodas de Ouro
55 anos Bodas de Ametista
60 anos Bodas de Diamante ou Jade
65 anos Bodas de Ferro ou Safira
70 anos Bodas de Vinho
75 anos Bodas de Brilhante ou Alabastre
80 anos Bodas de Nogueira ou Carvalho

Os Sete Anões:
Dunga – Zangado – Atchin – Soneca – Mestre – Dengoso – Feliz

Você Sabia?
1 Durante a Guerra de Secessão, quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: "O Killed" (zero mortos). Daí surgiu a expressão " O.K." para indicar que tudo está bem.

2 Nos conventos, durante a leitura das Escrituras Sagradas, ao referirem-se a São José, diziam sempre " Pater Putativus", (ou seja: "Pai Suposto") abreviando em P.P. Assim surgiu o hábito, nos países de colonização espanhola, de chamar os " José" de "Pepe".

3 Cada rei no baralho representa um grande Rei/Imperador da história: Espadas: Rei David (Israel) – Paus: Alexandre Magno (Grécia/Macedónia) – Copas: Carlos Magno (França) – Ouros: Júlio César (Roma)

4 No Novo Testamento, no livro de São Mateus, está escrito " é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino dos Céus ". O problema é que São Jerônimo, o tradutor do texto, interpretou a palavra " kamelos" como camelo, quando na verdade, em grego, "kamelos" são as cordas grossas com que se amarram os barcos. A ideia da frase permanece a mesma, mas qual parece mais coerente?

5 Quando os conquistadores ingleses chegaram a Austrália, assustaram-se ao ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis. Imediatamente chamaram um nativo (os aborígenes australianos eram extremamente pacíficos) e perguntaram qual o nome do bicho. O índio repetia " Kan Ghu Ru", e portanto adaptaram-no ao inglês, "kangaroo" (canguru ). Depois, os linguistas determinaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer: "Não te entendo".

6 A parte do México conhecida como Yucatán vem da época da conquista, quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam esse lugar e o índio respondeu " Yucatán". Mas o espanhol não sabia que ele estava informando "Não sou daqui".
        
7 Existe uma rua no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, chamada "PEDRO IVO". Quando um grupo de estudantes foi tentar descobrir  quem foi esse tal de Pedro Ivo, descobriram que na verdade a rua homenageava D. Pedro I, que quando foi Rei de Portugal, foi aclamado como "Pedro IV" (quarto). Pois bem, algum dos funcionários da Prefeitura, ao pensar que o nome da rua fora grafado errado, colocou um "O" no final do nome. O erro permanece até hoje. Acredite se quiser...

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Café Para Um – Uma Crônica Sobre A Solidão‏

O café da manhã é para um. As bebidas na mesa não têm cores e sabores diferentes. Os filmes não precisam ser explicados, debatidos ou disputados. A pizza é do que eu quiser. Com borda e tudo. Seus cabelos não molham mais os travesseiros. A porta em que você batia já não se incomoda com meu atraso. A barba que você odeia cresceu. Os cigarros, aqueles-que-não-podiam-ser-mencionados, agora são companheiros fiéis. O colchão extra dorme em pé, encostado na parede. A toalha fica em cima da cama.
E não existe hora pra chegar em casa. Quem me diz se a roupa está boa é o espelho, por mais que a opinião dele seja duvidosa. Nunca estou arrumado demais pra sair sozinho. O perfume mais gostoso uso só de noite. O ponteiro sempre passa dos 120. O volume passaria se pudesse. Abafaria o som que sua voz não faz.
Não tem por que deixar de bater bola hoje. Escapar da rotina, fazer diferente. Tem tempo de sobra, tempo demais. E um monte de mais do mesmo. E passam rápidos, os dias em que nada se espera do fim. Assim, espera-se qualquer coisa. Um novo capítulo, a próxima fase, um treino diferente, cerveja em dobro. A espera por algo que talvez nem venha.
Preencher todo o espaço que sobrou no colo. Planejar uma surpresa pra alguém que não existe. Descobrir que não, nem tudo o que começa tem que acabar sempre. Aprender que o errado fui eu, porra. Me desculpar com ninguém por te magoar.
Saber que é melhor assim. Que apesar da minha prepotência negar, você pode ser feliz sem mim. Mais do que comigo. Como você merece. Como você deve. Como você vai. Quanto a mim, os amigos, ainda que nem todos, voltarão. Não penso menos em você por isso. Lembro de sua voz. Da feliz. A brava não. Meus textos não tem plateia. Voltar pra casa é uma merda. Sair é ainda pior. Mas o bar está sempre ali pra mim. Vamos viver a vida antes que ela passe. Tá tudo bem.
O foda é tomar café sozinho.

Fonte: http://www.casalsemvergonha.com.br/2013/10/24/cafe-para-um-uma-cronica-sobre-a-solidao/

sábado, 17 de maio de 2014

Quem inventou a música "Parabéns a você"?

A criadora do "Parabéns para você" em português foi Bertha Celeste Homem de Mello, para um concurso da Rádio Tupi, em 1942, que reuniu vários membros da Academia Brasileira de Letras para escolher e oficializar a versão brasileira da já popular "Happy Birthdate to You".

Das mais de 5 mil cartas que foram recebidas pela rádio, a vencedora foi Bertha Celeste, na época com 40 anos, filha única de fazendeiros, formada em Farmácia e mãe de uma única filha. Até a sua morte, em 1999, aos 97 anos, dona Bertha corrigia todos que cantassem errado a sua versão, que é a seguinte "Parabéns a você (não para você como costumamos cantar) / Nesta data querida / Muita felicidade (que não é no plural) / Muitos anos de vida."

A música original foi composta pelas professoras e irmãs estadunidenses Mildred e Patricia Smith Hill em 1875 e se chamava "Good Morning to All" (Bom dia para todos). Em 1924, o escritor americano Robert Coleman usou a melodia e lançou a "Happy Birthdate to You" em um livro. A família das professoras entrou com um processo, ganhou e até hoje recebe os royalties cada vez que alguém toca a música.


Fonte: Mundo Estranho

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Como surgiu a maquiagem?

Proteção divina
No Egito antigo, tanto homens quanto mulheres preenchiam as palpebras com kohl, uma pasta obtida do mineral malaquita misturado com carvão e cinzas. O objetivo era proteger os olhos, considerados "espelhos da alma", contra espíritos malignos. Especialistas acreditam que essa é não apenas a origem da sombra mas também da própria maquiagem.
 
Convite ao pecado
O lápis do olho também vem do kohl. O formato em bastão foi um modo de obter traços mais delineados. Na Idade Média, o hábito foi abandonado porque a Igreja o considerava uma forma de vaidade. Mas o kohl existe até hoje, em versão aprimorada. "É o chamado kajal, muito usado por indianos e árabes", explica o maquiador Marcus Martinelli.
 
Beterraba na cara
O tom vermelho no rosto indica boa circulação sanguínea - e, portanto, boa saúde. Na Grécia antiga, homens e mulheres reforçavam a cor com amoras e algas marinhas. O blush atual remonta à França do século 18 quando Alexander Bourjoism, dono de uma empresa de comésticos, criou um pó à base de frutas e beterraba. Batizou-o de rouge (vermelho, em francês)
 
Reboco de parede
Ao longo da história, vários povos criaram maneiras de corrigir imperfeições na pele - função atualmente resolvida com a base. Na Roma antiga, usavam giz para parecer mais brancos. No século 2, o médico e filósofo romano Galeno propôs um creme à base de água, cera de abelha e azeite de oliva. E no Japão do século 17 o segredo era uma pesada massa feita de pó de arroz, chamada oshiroi.

Presente de irmão
Foi o perfumista francês Eugene Rimmel, no século 19, que lançou a primeira forma de rímel. Em 1917, o químico T. L. Willian, atendendo a um pedido de sua irmã Maybel, reinventou o produto, adicionando vaselina e pó de carvão. Anos depois, fundou a empresa Maybelline e popularizou o produto na forma de bastão em tubo, o que facilitou muito sua aplicação.
 
Beleza que mata
Na Roma antiga, uma pasta gordurosa à base de cevada, chifre de veado, mel e salitre era usada como proteção para os lábios. "Os egípcios aplicavam pigmentos extraídos de algas, iodo e bromo manitol, que eram tóxicos", diz Martinelli. A moda de pintar a boca se tornou mais difundida (e segura) no século 17, com pomadas coloridas que viriam a originar o batom.
 
As cores do Status
Os egípcios também foram os pioneiros do esmalte, pintando as unhas com extratos de plantas. Mas foi na China do século 14 que surgiu a primeira mistura química para esse fim. "Era feita de goma-arábica, clara de ovo, gelatina e cera de abelha. As cores escuras eram usadas pelas pessoas de classe alta, e as claras pela população mais pobre", explica Martinelli.
 
Maquiagem para meninos
Uso estético varia conforme as culturas
Na sociedade ocidental, o uso de produtos de beleza ainda é um tabu entre os marmanjos. Mas ele não tem nada a ver com feminilidade, masculinidade ou orientação sexual. Os egípcios aplicavam kohl sem distinção de gênero e, mesmo atualmente, o kajal é adotado por árabes (para proteger os olhos) e indianos (em festas), por exemplo.
 
Curiosidades
Outra receita antiga foi registrada pelo dramaturgo Aristófanes, na Atenas do século 5 a.C: uma mistura de gordura e tinta vermelha


 
Fonte: Livro História da Maquiagem, da Cosmética e do Penteado: Em busca da Perfeição, de Ana Carlota R.Vita, e sites Portal Educação, Human Nature, Tessa Cosmetics e Makeup Atelier